Parque Estadual da Serra dos Montes Altos

Decreto de criação:

  • Decreto Estadual Nº 12.486 de 29 de novembro de 2010

Importância do Parque Estadual da Serra dos Montes Altos

O Parque Estadual da Serra dos Montes Altos foi criado a partir de uma demanda da comunidade local, com o objetivo de assegurar a conservação da biodiversidade regional, garantindo condições para a existência da fauna de mamíferos, com ênfase no cachorro-vinagre (Speothos venaticus), espécie ameaçada de extinção. O Parque abriga muitas espécies raras e endêmicas de ecossistemas naturais de transição Caatinga-Cerrado, além de muitas cachoeiras e nascentes de grande importância para a região Sudoeste do Estado. Fora isso, pode-se encontrar em grutas e abrigos um vasto patrimônio arqueológico e o sítio arqueoastronômico, a exemplo da “Casa da Pedra”. Desta forma, o Parque revela-se com grande potencial para o turismo.

Localização e área

O Parque Estadual da Serra dos Montes Altos fica localizado nos municípios de Palmas de Monte Alto, Sebastião Laranjeiras, Urandi, Guanambi, Pindaí e Candiba, do Estado da Bahia. Possui uma área estimada de 18.491 ha.

Atributos Naturais

Estado de isolamento geográfico da Serra de Montes Altos implica no isolamento de habitats e consequentemente num elevado grau de endemismo. Não obstante, pode-se verificar uma fauna diversificada, principalmente de mamíferos de grande porte, onde foi detectada a presença de espécies como cachorro-vinagre, qualificado como o menor canídeo silvestre do Brasil, com poucos estudos realizados sobre esta espécie. Destaca-se, também, a presença de uma vegetação variada de caatinga, caatinga arbórea, cerrado, campos rupestres e matas de galeria que abrigam uma diversidade de fauna na qual incluem – se algumas espécies em extinção.

Aspectos Relevantes

Nos territórios municipais dentre e no entorno do Parque já foram localizadas e catalogadas mais de uma centena de nascentes, aproximadamente 150, que através dos rios do Espinho, Verde Pequeno e Verde Grande, são formadoras do Rio São Francisco. Podem ser encontradas muitas cachoeiras, a exemplo da Cachoeira do Brucunum. Existência de inúmeros sítios arqueológicos constituídos por pinturas rupestres, currais de pedras, casa de pedra e sítios a céu aberto Este conjunto de sítios representa um importantíssimo patrimônio histórico-cultural nacional cuja implantação de políticas de preservação e de incentivo às novas pesquisas científicas faz-se imprescindível para a identificação de novos registros arqueológicos e garantia da preservação desse inestimável patrimônio nacional.

Principais Conflitos Ambientais

Atividades de extrativismo desordenado (pecuário e florestal) vêm causando profundas modificações nesta área de tensão ecológica, nos vales, incluindo degradação dos solos. Práticas de manejo do solo e de preparo para agricultura, queimadas, por exemplo, destacam-se como conflitos ambientais do Parque e seu entorno. Todos esses problemas tornam a área suscetível à desertificação. Ademais, há uma predominância de áreas devolutas, de pequenas posses rurais com pouca o nenhuma atividade produtiva, e da pequena possibilidade de existência de imóveis titulados e com significativa atividade produtiva nas áreas mais elevadas da Serra de Monte Alto, tendo em vista a baixa fertilidade dos solos, a declividade acentuada do terreno e a condição de difícil acesso as áreas situadas nesta região.