APA da Serra do Barbado

Decreto de Criação:
Decreto estadual n° 2.183 de 07 de junho 1993.

Zoneamento:
Resolução CEPRAM nº 2.945 de 22 de fevereiro 2002.

Importância da APA Serra do Barbado
A APA Serra do Barbado é constituída por um conjunto de serras altas onde se encontra o Pico do Barbado, ponto mais alto do Nordeste do Brasil com 2.033,33 metros de altitude, além de outros como o Pico do Itobira com 1.930 metros.

Localização e área
Com uma área de 63.652 ha, a APA Serra do Barbado localiza-se na porção sudeste da Chapada Diamantina, ocupando parte do território de seis municípios: Abaíra, Érico Cardoso, Jussiape, Piatã, Rio de Contas e Rio de Pires.

Atributos Naturais
p>O conjunto serrano altamente escarpado que compõe a APA Serra do Barbado representa também uma zona de transição entre biomas da caatinga, do cerrado e da Mata Atlântica, além da presença de campos rupestres nas porções mais elevadas. Estas serras representam um verdadeiro “berço das nascentes” funcionando como divisor de águas das bacias hidrográficas do Rio Paramirim (São Francisco) e do Rio de Contas, com uma grande profusão de mananciais esculpindo o relevo com cascatas e poços de impressionante beleza cênica.
Dentre as principais espécies animais encontradas na região, destacam-se, entre os mamíferos, algumas variedades de primatas, a suçuarana, o veado catingueiro, raposas, mocós e o tamanduá-mirim, entre outros. A avefauna é abundante, ocorrendo o endemismo de algumas espécies como o beija-flor-de-gravatinha-vermelha.
Em relação à flora, vários estudos apontam a incidência de muitas espécies endêmicas, destacando-se a abundância de bromeliáceas, orquidáceas, vioziáceas e melastomáceas.

Aspectos Relevantes
A Estrada Real atravessa a APA, ligando os antigos distritos garimpeiros com caminhos calcados de pedras, conservados até hoje.
O café cultivado em alguns povoados serranos e a produção de cachaça em alambiques no entorno da APA são outra peculiaridade local.
A paisagem serrana do Pico do Barbado e Itobira, entremeados por florestas e vastos campos rupestres, seja pelos belíssimos campos de altitude como o velho Campo do Cigano, do Bitencourt ou do Lavra Velha.
Cachoeira das Andorinhas, o Poço da Michilânia, o Poço do Melado, as Cachoeiras do Mocotó, entre outros.

Principais Conflitos Ambientais
Desmatamento, transporte e venda ilegal de madeira
Caça e comércio ilegal de aves e mamíferos
Queimadas
Garimpo
Agricultura sem manejo preservacionista
Erosão
Captação irregular dos cursos d’água
Ocupação de brejos, beiras de rios e encostas (APPs)
Contaminação do solo e curso d’água
Lançamento de esgotos a céu aberto
Depósito e queima irregular do lixo