Inema e UFRB lançam o livro ‘Propagação de espécies florestais nativas da Bahia’

Foi lançado na manhã desta terça-feira (9), no auditório da Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb), no Centro Administrativo da Bahia, o livro e a cartilha ‘Propagação de espécies florestais nativas da Bahia’. O projeto é fruto de um convênio de cooperação técnica-científica entre o Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) e a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e tem como objetivo, além do intercâmbio de informações entre as duas instituições, a restauração de ecossistemas da Mata Atlântica.

Durante a mesa de abertura da cerimônia, João Carlos Oliveira, secretário de Meio Ambiente da Bahia (Sema), reforçou a importância da parceria entre o Estado e as universidades. “Esse é um assunto que estou discutindo por onde passo, em minha primeira conversa com o governador Rui Costa eu disse que vou bater nas portas das reitorias e dos institutos, pois a minha caminhada é oriunda da academia e eu sei que é lá que estão os grandes projetos e pesquisas. Eu vou buscar a relação da academia com o meio ambiente, então fico feliz e quero que seja transmitido que em breve estaremos na UFRB”, afirmou o secretário.

Assim como o titular da Sema, o chefe de Gabinete do Inema, Welton Rocha aproveitou o memento para resaltar a importância da parceria para o meio ambiente baiano. “Recebemos essa incumbência com a nova lei que destina a responsabilidade da fauna, no estado da Bahia ao Inema, então estamos nessa parceria da construção de um CETAS (Centro de Triagem de Animais Silvestres) no campus da Universidade Federal do Recôncavo, onde nós também queremos avançar na parceria no sentido de capacitar profissionais com expertise na fauna silvestre e nós temos dificuldade aqui no estado da Bahia”, finalizou.

Além de João Carlos Oliveira e Welton Rocha, também fizeram parte da mesa de abertura do evento a vice-reitora da UFRB, Georgina Gonçalves e o professor e coordenador do projeto, Josival Souza.