Gestão dos Recursos Hídricos é tema de seminário realizado pelo Inema

Cerca de 140 pessoas prestigiaram na última sexta-feira (30), no auditório da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA), o Seminário de Gestão dos Recursos Hídrico realizado pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema)

O evento marca uma das ações para o Dia Mundial da Água, comemorado no dia 22 de março, em data criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) para lembrar a publicação da Declaração Universal dos Direitos da Água.

Durante a mesa de abertura a diretora-geral do Inema, Márcia Talles, comentou sobre o surgimento do seminário e a ligação entre as diretorias do órgão com o tema. “Esse evento tem uma particularidade porque a ideia inicial nasceu internamente na Diretoria de Águas e parabenizo ao diretor pela iniciativa e a ideia é exatamente transformar o elemento água e informar de que forma ela permeia todas as diretorias. O objetivo é que a gente consiga enxergar e perceber que é uma transversalidade. E independente de existir uma diretoria específica, o elemento água ele é trabalhado em todas as instancias do Inema”, salientou Telles.

O diretor de Águas do Inema, Eduardo Topázio, abordou o tema: Gestão das Águas na Bahia, avanços e desafios e, durante a mesa de abertura, falou sobre a idealização do evento. “A nossa ideia primaria é fazer um evento em que a gente traria uma contribuição externa, mas basicamente para podermos buscar integração. Água não é uma política exclusiva de recursos hídricos, a água é um bem natural, parte do meio ambiente e cabe a todos cuidar, pois é um bem essencial à vida, inclusive incorporado em nossa legislação. Então a nossa ideia é saber o que as outras diretorias trabalham, trocar ideia para podermos interagir melhor, já que este é o mês que comemoramos o Dia da Água”.

Também participaram do evento, Eduardo Sávio, presidente da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (FUNCEME), o diretor de Fiscalização Marcos Machado falando sobre a fiscalização, cadastro de usuários e monitoramento ambiental como salvaguarda do uso múltiplo das águas; a diretora de Unidade de Conservação, Jeanne Florence, com o tema interfaces e desafios na gestão integrada das unidades de conservação e recursos hídricos; o coordenador do Zoológico de Salvador, Vinícius Dantas, falando sobre a importância da água para a manutenção da biodiversidade; o diretor de Regulação, Leonardo Carneiro, que ministrou sobre a importância da regularização ambiental para a conservação dos recursos hídricos e, por fim, o coordenador de tecnologia Ismael Fiuza, que abordou o tema: Geotecnologia aplicada aos recursos hídricos.