Inema realiza audiências sobre a instalação do Complexo Eólico-Solar Serra da Babilônia

Com o intuído de escutar a população sobre a implantação do Complexo Eólico-Solar Serra da Babilônia foi realizado pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), duas audiências públicas. A primeira aconteceu na terça-feira (05/06), no município de Morro do Chapéu e a segunda na quarta-feira (06/06), em Ourolândia. Entre as dois eventos, cerca de 275 pessoas estiveram presentes.

Na ocasião, a empresa Rio Energy, empreendedora responsável pelo empreendimento, fizeram uma explanação sobre os estudos dos principais impactos e benefícios para as comunidades e representantes dos municípios envolvidos que servirá para subsidiar o parecer técnico do Inema, além de tirar duvidas sobre as obras e o funcionamento do complexo eólico.

Representando Márcia Telles, diretora geral do Inema, a socióloga e assessora técnica da Diretoria de Regulação (DIRRE) da autarquia, Hosana Gaspar conduziu a audiência e comentou sobre a importância do evento. “Eu vejo que essas audiências transcorrem dentro de um processo democrático e cada dia que passa eu me convenço de que essa é a única forma, além das inspeções e também das reuniões que ocorrem durante o processo do licenciamento, de interlocução com a comunidade para que a gente conheça as suas dificuldades e para que saibamos os seus anseios  frente ao empreendimento”, ressaltou Gaspar.

Participaram das reuniões, além de representantes da Rio Energy, consultores que elaboraram os estudos, lideres comunitários e gestores dos dois municípios. Técnicos do Inema e especialistas das áreas envolvidas no processo de implantação do empreendimento também acompanharam o evento.