Governo e comissão de defesa do Rio Utinga articulam ações para revitalização da bacia

Para pensar ações articuladas e estruturantes que promovam a revitalização da sub bacia do rio Utinga, e garantam a disponibilidade de recursos hídricos para a região, a Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hidricos (Inema) realizaram no dia 28 uma reunião integrada para apresentação de propostas.

Durante a reunião integrada, que aconteceu na sala de reuniões do Inema, com a Casa Civil, secretarias de Desenvolvimento Rural (SDR), Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), Embasa e Companhia e a Companhia de Engenharia e Recursos Hídricos da Bahia (Cerb), e a comissão de defesa do Rio Utinga, formada por representantes da sociedade de civil e poder público municipal, foram pontuadas questões importantes para a preservação dos rios Utinga, Bonito e Santo Antônio, a exemplo da situação do abastecimento humano, pontos de captação, faixa de vazão mínima, Cadastros de Usuários de Água, entre outras.

De acordo com o titular da Sema, Geraldo Reis, “com essa iniciativa, o Governo do Estado reafirma o compromisso em relação às medidas socioambientais favoráveis ao Rio Utinga, e amplia o debate para avançar nas questões acerca dos recursos hídricos na região da Chapada Diamantina”.

Também presente na reunião, o presidente da comissão do Rio Utinga, Wilson Pianissoli salientou que, “o diálogo foi importante e as reivindicações trazidas pelas representações locais para a busca da perenização do Rio Utinga foram recebidas com responsabilidade pelos gestores estaduais”.

Participaram também do diálogo, os prefeitos dos municípios de Andaraí, Dario Magalhães, de Lençóis, Heleno Ferreira, de Lajedinho, Marcos Mota, e do município de Wagner, Elter Bastos. A reunião contou com apoio técnico da equipe da Sema/Inema.