Inema coordena ações contra incêndios no Oeste

Visando identificar focos de incêndio na região Oeste e traçar estratégias de combate, o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) promoveu, ao longo desta semana, reuniões de coordenação com órgãos de apoio, como o IBAMA e o Grupamento de Bombeiros Militares.

De acordo com dados do Instituto Nacional Pesquisas Espaciais, foram identificados focos nos municípios de Barreiras, Luís Eduardo Magalhães, Pilão Arcado, e Rio do Pires – na Chapada Diamantina.

Em Luis Eduardo Magalhães o corpo de bombeiros juntamente com brigadistas da região trabalham na contenção de chamas às margens do Rio das Pedras. Essa ação conta com o esforço das secretarias municipais de Meio Ambiente e Segurança Pública, além do apoio de duas aeronaves airtrector, do programa Bahia Sem Fogo, que já fizeram 27 lançamentos de água sobre os focos.

Já em Barreiras, os brigadistas da Prevfogo/IBAMA somam esforços contra os focos existentes no Vale da Boa Esperança e na Serra da Bandeira.

Em Rio do Pires, na Chapada Diamantina, os focos foram controlados após ações de combate iniciadas por brigadistas voluntários e sociedade civil e posteriormente com apoio do Grupamento de Bombeiros Militares e de sete veículos tracionados do Inema.

E no município de Pilão Arcado, o Inema atua com  três técnicos da fiscalização, buscando identificar as áreas atingidas e suas particularidades ecológicas. Até o momento as queimadas não estão atingindo áreas de nascentes de rios, nem próximos de povoados.

Está prevista mais reuniões, no intuito de intensificar as ações e conter novos focos de incêndios que continuam surgindo em
decorrência das condições climáticas favoráveis (altas temperatura e baixa umidade).