Final de semana de céu encoberto e chuvoso no litoral baiano

Para os próximos dias, que inclui o final de semana, o tempo na Bahia continua com algumas mudanças, principalmente em relação às chuvas, pois a massa de ar quente e seco segue enfraquecendo, o que poderá favorecer o aumento da nebulosidade e, consequentemente, das chuvas em grande parte do Estado. No entanto, é na faixa centro-leste, sobretudo nas regiões do Recôncavo, Sul, Nordeste, Sudoeste e Chapada Diamantina onde as chances de ocorrência dessas chuvas serão maiores.

Vale lembrar que, as chuvas desse período são influenciadas, principalmente pelos ventos úmidos vindos do Oceano Atlântico, sendo nas localidades mais próximas ao litoral onde são registrados os volumes mais expressivos, a exemplo dos que estão previstos para os próximos dias no Recôncavo e Nordeste baiano.

Já nas regiões Oeste, São Francisco e Norte, onde a massa de ar ainda deve influenciar o tempo, também há possibilidade de ocorrer chuvas fracas em algumas localidades, principalmente na faixa centro-sul do Oeste e São Francisco. Mesmo com essa massa perdendo força, ainda é nessa faixa que são esperadas as maiores temperaturas do Estado, com máximas variando entre 35°C e 37°C.

Por outro lado, as menores temperaturas do Estado continuam sendo previstas para as regiões da Chapada Diamantina e Sudoeste, onde, durante a madrugada e nas primeiras horas da manhã, as mínimas poderão chegar aos 15°C. Já nas regiões mais próximas ao litoral, as temperaturas continuam estáveis, ou seja, com máximas variando de 29ºC (na região Sul) a 33°C (no Nordeste).

Para a cidade de Salvador e região metropolitana, os ventos úmidos que sopram do Oceano também que continuam influenciando o tempo nos próximos dias, o que deverão manter o céu encoberto e chuvoso na maior parte do período. Mesmo assim, as temperaturas permanecem elevadas, com valores oscilando entre mínimas de 23°C e máximas de 31°C.

Maré

Entre os dias 19/05 (sexta-feira) e 21/05/2017 (domingo), a maré deverá atingir sua altura máxima no período entre às 22h00min (do dia anterior) e à 01h00min (do dia seguinte) e entre às 10h00min e às 13h00min, com valores variando de 1,6 a 2,5 metros. Já as alturas mínimas deverão ser registradas no período entre às 04h00min e às 07h00min e entre às 16h00min e às 19h00min, com valores variando de 0,4 a 1,1 metro. As ondas previstas deverão ter agitação de moderada a fraca, com altura máxima podendo chegar aos 2,5 metros.

Índice de Radiação Ultravioleta (IUV’s)

Na segunda metade do outono as características da estação se assemelham as características do inverno, ou seja, com temperaturas mais amenas e chuvas de fraca intensidade, mas de longa duração. Também nesse período, há uma redução na incidência de radiação solar e, consequentemente, dos Índices de Radiação Ultravioleta (IUV’s). Ainda assim, estes índices continuam elevados, a exemplo dos que estão previstos para o período entre os dias 19/05 (sexta-feira) e 21/05 (domingo), quando deverão variar de 07 a 09 em todo o Estado. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), estes IUV’s fazem parte das categorias de intensidade “Alta e Muito Alta”, o que requer cuidados quanto à exposição prolongada à radiação solar, principalmente, nos horários das 10 às 16 horas, quando há maior incidência dessa radiação. Com isso, para minimizar os danos causados a saúde, recomenda-se a utilização de protetor/filtro solar, chapéus, bonés, óculos escuros e roupas leves, etc.